Programa Minha Casa Minha Vida – Saiba Tudo!

Em parceria com a Caixa Econômica Federal o governo lançou o programa Minha Casa Minha Vida, que vem ajudando milhares de famílias a conquistarem o sonho da casa própria. Fazer um financiamento através do MCMV é uma ótima oportunidade para ter um cantinho só seu.

 

 

Tópicos:

  • O programa Minha Casa Minha Vida
  • Renda de até R$ 1.600,00
  • Documentos necessários
  • Renda de até R$ 5.000,00
  • Valor Máximo do Imóvel

 

 

Programa Minha Casa Minha Vida

Basicamente, existem três formas de se beneficiar do programa. Na primeira delas o governo te ajuda com uma parte da entrada do imóvel (é preciso que seja um imóvel novo). Na segunda alternativa, o governo ajuda cobrando juros menores que um banco convencional e na terceira.

 

 

Você é beneficiado com a diminuição do custo de alguns seguros embutidos no financiamento. Veja abaixo os requisitos par se beneficiar deste programa que já vem ajudando milhares de brasileiros.

 

 

O programa Minha Casa Minha Vida

O programa MCMV não é para todos e possui algumas limitações, principalmente ao que tange a renda bruta familiar. Veja abaixo suas particularidades.

 

 

Renda de até R$ 1.600,00

E você se encaixa nesta renda, há duas formas de se cadastrar no programa. Caso a sua cidade tenha a opção, basta efetuar o cadastro diretamente pela internet través do Formulário Habitacional, disponível no site da prefeitura da sua cidade.

 

 

Caso a sua cidade ainda não tenha este recurso, basta ir até a Secretaria de Habitação para realizar o cadastro. Logo depois, você deve ser aprovado, o que depende de diversos fatores, como: Seu Perfil, Vagas no programa da sua cidade entre outros citados abaixo:

 

 

  • Você não pode ter recebido beneficio de nenhum outro programa habitacional do governo.
  • Você não pode estar cadastrado no CADMUT.
  • Não pode ter imóvel em seu nome.
  • Não pode trabalhar na Caixa.

 

 

Documentos necessários

Após sua aprovação no cadastro, você deve levar os seguintes documentos em uma agência da CEF:

 

 

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de Renda
  • Cadastro Único de Programas Sociais

 

 

Renda de até R$ 5.000,00

Caso você se encaixe nesta faixa de renda, você pode ir diretamente à construtora de sua escolha e solicitar financiamento. Porém, antes de fechar qualquer acordo é bom que você simule alguns valores através do Simulador do Minha Casa Minha Vida da Caixa Econômica Federal.

 

 

Acesse o simulador AQUI.

 

 

É bem simples e basta que você digite alguns dados e valor aproximado do Imóvel. O simulador vai lhe dar alguns valores, como: Valor da Entrada e parcelas.

 

 

Valor Máximo do Imóvel

Algumas regras devem ser seguidas quanto ao valor máximo que o imóvel desejado deve ter. Seguem abaixo algumas delas:

 

 

  • Em cidades com mais de 1 milhão de habitantes, o valor do imóvel não pode passar de R$ 170 mil.
  • Em cidades com até 250 mil habitantes, o valor máximo do imóvel é de R$145 mil.
  • Municípios com no máximo 50 mil habitantes só podem ter imóveis participantes de até R$ 115 mil.
  • Cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal tem valor máximo de R$ 190 mil.

 

 

Documentos necessários

Para se beneficiar da Minha Casa Minha Vida, você deve providenciar os seguintes documentos para a construtora escolhida.

 

 

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de Renda
  • Declaração de Imposto e Renda do ano vigente
  • Escritura do imóvel

 

 

Conclusão

O programa Minha Casa vem realizando o sonho de milhares de brasileiros de conquistar a casa própria. E você, se encaixa nos requisitos do programa? Por que ainda não aproveitou os benefícios de ter o sonho da própria moradia realizado?

 

 

Separe seus documentos e tome as providências de acordo com a faixa da sua renda mensal. Ter a sua casa própria é gratificante e com todos esses benefícios, não dá pra ficar de fora.