Saiba Tudo Sobre Juros Do Cartão De Crédito!

Muito se ouve falar sobre juros do cartão de crédito e o quanto ele pode prejudicar nossa vida financeira como um todo. Afinal, pagar altas taxas todo mês é motivo de endividamento da maioria das pessoas. 

 

 

Tópicos:

  • Quais os juros da maquininha do cartão de crédito?
  • Os juros do cartão de crédito por banco – Qual é a melhor taxa?
  • Quando eu começo a pagar juros pelo cartão de crédito?
  • Nova regra de rotação de juros do cartão de crédito

 

 

Juros Cartão De Crédito

E isso acontece muitas vezes porque elas não sabem qual a melhor forma de evitar essas cobranças abusivas. E você, sabe como os juros do cartão de crédito funcionam? Quando eles começam a ser cobrados?

 

 

No artigo de hoje vamos elucidar essas e outras perguntas simples, mas que continuam causando dúvidas entre os usuários do cartão de crédito. Confira logo abaixo tudo que separamos!

 

 

Quais Os Juros Da Maquininha Do Cartão De Crédito?

A maquininha do cartão de crédito não interfere na taxa de juros e esse é um pensamento comum na maioria das pessoas. Na verdade, não importa em qual estabelecimento você utilizar o seu crédito, você pagará apenas pelo valor da compra.

 

 

É preciso saber também que nenhuma loja pode cobrar a mais pelo pagamento em cartão, mas pode dar descontos pelo pagamento a vista. Isso porque há uma taxa, que é paga pelo lojista para que ele tenha essa facilidade.

 

 

Por isso, muitos deles optam por preferência o dinheiro ao invés do cartão. Mas não é o consumidor que tem obrigação de pagar essa taxa em hipótese alguma, por isso, fique atento.

 

 

Os Juros Do Cartão De Crédito Por Banco – Qual É A Melhor Taxa?

Os bancos cobram juros diferenciados, porém, bem parecidos. Embora haja alguma diferença nessa cobrança, ela é mínima e muitas vezes compensada pela falta de anuidade do cartão, por exemplo. A dica é fazer uma pesquisa caso você tenha que recorrer a negociações, mas a escolha do cartão precisa ser mais detalhada com que os juros que ele cobra.

 

 

Quando Eu Começo A Pagar Juros Pelo Cartão De Crédito?

Essa é a informação mais importante e mais relevante de todas. A maioria das pessoas acredita que o banco pode cobrar taxas de juros a qualquer momento e que o pagamento mínimo está presente para ajudar a conseguir fechar o mês no azul.

 

 

Embora isso seja em parte verdade, o cartão de crédito não é para ter nenhum tipo de juros, a não ser quando anunciado na hora da compra. Por exemplo, um produto pode cobrar juros quando parcelado em mais do que 12 vezes e isso ocorre com valores mais altos, como geladeiras e outros.

 

 

Porém, essa informação precisa estar bem sinalizada na hora do compra e é importante que haja a opção de pagar em parcelas menores sem juros. No geral, o cliente só começa a pagar juros no cartão em caso de inadimplência, ou seja, na hora que ele deixa de quitar a fatura por inteiro, optando apenas pelo pagamento mínimo.

 

 

E esse é o maior risco de todos, afinal, esse é o famoso juros sobre juros, que aumenta a cada mês que a dívida não for quitada e pode triplicá-la nesse período. Por isso, a dica é sempre optar pelo pagamento total, para não correr o risco de se endividar de maneira irreversível e ter seu nome sujo no SPC e SERASA. Fuja dessa enrascada e sempre quite o seu total da fatura!

 

 

Juros Cartão De Crédito – Nova Regra De Rotação De Juros Do Cartão De Crédito

Entrou em vigor recentemente uma nova regra de rotação de juros, que permite o parcelamento da dívida do cartão de crédito, a fim de diminuir o pagamento total e dar ao cliente a chance de conseguir organizar sua vida financeira antes de ficar inadimplente.

 

 

Essa regra diminuiu os juros pela metade, de forma que a taxa varia agora de 1% ao mês a até 10% ao mês. Vamos agora entender qual o banco que cobra maior taxa. Confira:

 

 

  • O Itaú está com a menor taxa de juros, que varia entre 0,99 a 8%.
  • Em segundo como menor taxa está o Bradesco, com 3,6 a 9,8%.
  • Em quarto lugar está o Santander, com 3 a 10,01%.

 

 

Lembrando que essas taxas só podem começar a ser cobradas quando há, de fato, inadimplência. Ou seja, em nenhuma outra situação sem aviso prévio há cobranças de juros dos cartões.