Financiamentos: Vale À Pena Fazer Financiamento Pelo Santander?

Financiamento Pelo Santander – Saiba Tudo!

Financiamentos: Quer conquistar a casa própria? Ou está com planos de trocar o seu carro? São tantos investimentos e a grana está curta? O financiamento pode ser uma excelente solução!

 

 

Tópicos?

  • Financiamento pelo banco Santander é bom
  • Quem pode fazer um financiamento no banco Santander
  • Quais os tipos de financiamento do banco Santander

 

 

Financiamentos

O financiamento trata-se de uma compra parcelada de um produto ou serviço, onde é acrescentado uma taxa de juros ao montante inicial, que irá variar conforme o tempo de duração do mesmo. Esse tipo de serviço é oferecido por bancos e financeiras, que cedem um determinado valor para o cliente.

 

 

Na maioria das vezes, o produto financiado vale como garantia, e pode ser tomado caso as parcelas não sejam pagas. Por isso, as taxas de juros de um financiamento são mais baratas do que um empréstimo, por exemplo. Se você está querendo fazer um financiamento, saiba mais sobre esse procedimento feito pelo banco Santander:

 

 

Financiamento Pelo Banco Santander É Bom?

O banco Santander está entre os seis maiores bancos do Brasil que disponibilizam o financiamento. E o fator que diferencia cada um dos bancos, é a taxa de juros cobrada.

 

 

Por isso, neste caso é de extrema importância saber a taxa média cobrada pelo Santander, e principalmente saber qual a diferença real entre o valor do financiamento do Santander e de seus concorrentes.

 

 

As taxas de juros de financiamento pelo Santander são de 1,83% ao mês, sendo 24,36% ao ano. Já em bancos concorrentes, as taxas de juros variam de 2,05% ao mês.

 

 

O que faz com que o Santander seja uma boa escolha para este tipo de serviço, afinal, a taxa de juros é muito menor do que seus concorrentes, o que faz toda a diferença no valor total da sua dívida com o banco.

 

 

Financiamentos: Quem Pode Fazer Um Financiamento No Banco Santander

Tanto pessoa física quanto pessoa jurídica podem fazer um financiamento pelo banco Santander. Vale lembrar que em ambos os casos, é necessário ter ou abrir uma conta no banco (não há taxa para esse tipo de serviço).

 

 

Para fazer o financiamento como pessoa física, o interessado deverá se encaminhar a uma agência do Santander de sua cidade, de preferência a agência onde possui sua conta, portando o seu RG, CPF, comprovante de residência.

 

 

E também o comprovante de renda. E para o financiamento de pessoa jurídica, os representantes da empresa deverão apresentar os documentos descritos acima e também a razão social e CNPJ da empresa.

 

 

Vale ressaltar que a solicitação do financiamento pode ser negada pela agência, pois antes do banco Santander aceitar a proposta, eles analisam alguns pontos importantes, como a existência de restrições no nome do interessando. Quando houver restrições, o banco Santander não aprova o financiamento.

 

 

Financiamentos: Quais Os Tipos De Financiamento Do Banco Santander

O Santander disponibiliza o financiamento comum, também conhecido como crédito direto ao consumidor ou CDC e também o Leasing.

 

 

Entenda melhor cada um dos tipos de financiamento:

  • Financiamento de veículos/Pessoa física ou Jurídica/Veículo comercial: O financiamento pode chegar em até 100% do valor total do veículo, e o pagamento das parcelas pode ser feito em até 60 vezes;

 

  • Super Auto/Pessoa Física/Veículo particular novo ou com até 10 anos de fabricação: O financiamento também pode chegar ao valor total do veículo e o pagamento em até 60 vezes;

 

  • Leasing/Pessoa Física/Veículo Comercial: O prazo para pagamento desse financiamento é de 24 a 60 meses e as parcelas são fixas, debitadas direto da conta corrente.

 

 

Além do financiamento de veículos, o Santander também disponibiliza o financiamento de imóveis. Neste caso o número de parcelas pode chegar até 420 meses, ou seja, 36 anos para a quitação da dívida.

 

 

O mais indicado é que antes de contratar o serviço de financiamento do banco Santander, realize uma simulação que pode ser feito através do próprio site do banco ou na própria agência. Dessa forma será muito mais fácil analisar as taxas de juros cobradas, condições de pagamento e muito mais.

 

 

Mas antes de fechar o negócio com o banco Santander, mesmo sabendo que esse banco possui as menores taxas de juros, vale à pena analisar outras propostas dos bancos concorrentes. Muitas vezes você pode encontrar uma oportunidade melhor.

 

 

Não se esqueça também de levar em consideração o seu FGTS no caso de imóveis, pois oferecendo uma entrada na hora da compra, você pode financiar um valor menor e pagar menos juros.