Como Realizar Um Empréstimo Jurídico?

Empréstimo Para Sua Empresa

Abrir uma empresa é cada vez mais comum no Brasil, devido à crise e à falta de empregos disponíveis. Pequenos e médios empresários vêm surgindo todos os dias, em diferentes áreas, sejam com abertura de comércios e empresas de tecnologia, entre outros.

 

 

Tópicos:

  • O que eu preciso fazer para realizar um empréstimo para minha empresa;
  • Quais são dos documentos necessários;
  • Cuidados ao solicitar um empréstimo, o jurídico.

 

 

Os micro-empreendedores utilizam os recursos que têm para fazer a abertura do MEI ou de empresas comuns. Esses recursos podem ser tanto de conhecimentos como os de financeiras.

 

 

Mas, às vezes as contas apertam, principalmente quando o negócio ainda está no início e os clientes não são tantos. É nessa hora que a maioria opta por realizar empréstimos para quitar dívidas ou aumentar a produtividade.

 

 

E é sobre isso que este artigo trará informações relevantes, para que você saiba quando é possível realizar um empréstimo e quais são os requisitos para solicitar um para sua empresa, além de ficar por dentro de quanto poderá parcelar. Acompanhe!

 

 

Empréstimo Jurídico: O Que Eu Preciso Fazer Para Realizar Um Empréstimo Para Minha Empresa?

A primeira coisa que você deve fazer é realizar um planejamento financeiro dentro da sua empresa e verificar qual o valor necessário para solicitar no banco e se a parcela caberá nos resultados que a organização costuma ter.

 

 

Faça um balanço dos últimos 6 meses e veja a média de lucro para ter uma boa base do quanto pode se comprometer. Tenha em mente que essa atitude é essencial para evitar endividamentos que podem levar à falência da empresa.

 

 

Procure um profissional que possa te ajudar nesse sentido ou peça para que sua equipe financeira faça este trabalho. Após esse passo, à hora é escolher qual instituição bancária irá utilizar. São inúmeras que trabalham com esse tipo de transação, como:

 

 

Empréstimo Jurídico Itaú

O Itaú conta com a opção de empréstimo para pequenas e médias empresas, além de empresas de grande porte. Dentre as vantagens da instituição, podemos citar os longos prazos para pagamento e os juros menores.

 

 

É possível abrir uma conta empresarial e solicitar créditos com maior frequência, o que traz mais comodidade. É possível realizar uma simulação online, para ficar mais fácil verificar a disponibilidade da sua empresa e em quanto tempo será feito o parcelamento.

 

 

Depois, basta enviar a proposta e aguardar a solicitação dos documentos que serão pedidos via e-mail. Eles deverão ser entregues na agência mais próxima para a liberação do crédito em conta.

 

 

Empréstimo Jurídico Santander

O Santander conta com a conta integrada, que traz a vantagens de empréstimos mais altos, sem necessidade de bens em garantia, prazos mais flexíveis para pagar e menos taxas de juros. Também é possível realizar uma simulação online e, assim como no Itaú, é preciso levar os documentos exigidos para a liberação do crédito.

 

 

Quais São Dos Documentos Necessários?

A resposta dessa pergunta dependerá de cada instituição, pois elas podem variar de acordo com suas regras. Alguns documentos são exigidos em quase todas elas, como RG, CPF, CNPJ, documento de comprovação de abertura de empresa, comprovante de rendimentos, comprovante de endereço e certidões. Outros documentos podem ser pedidos dependendo do banco escolhido e do tipo de empréstimo que será realizado.

 

 

Cuidados Ao Solicitar Um Empréstimo, o Jurídico

Quando sua empresa precisar de empréstimos, alguns cuidados devem ser levados em consideração, para que sejam evitados transtornos e problemas futuros. Separamos algumas dicas simples:

 

 

  • Evite realizar vários empréstimos ao mesmo tempo, seja para cobrir despesas ou para ampliações. Foque em algo mais urgente e o resolva antes de contratar novos créditos. Essa dica é muito útil para novos empreendedores, que ainda não possuem de fato experiência para conseguir realizar um balanço dos rendimentos.

 

  • Sempre procure pagar os empréstimos em dia, pois os juros costumam ser altos em caso de inadimplência. Por isso, é importante que as parcelas tenham um valor que a empresa poderá arcar sem maiores problemas.

 

  • Ter um bom controle financeiro pode evitar que os empréstimos sejam solicitados com frequência e ajudam até mesmo a manter as parcelas sempre em dia, evitando o sério problema da inadimplência.

 

 

Vale à pena investir em bons funcionários, que saibam o que estão fazendo e possam te ajudar a negociar dívidas com bancos – caso elas aconteçam.