5 Erros Comuns No Momento De Pedir Empréstimo

Pedir Empréstimo

Além de você descobrir quais são os 5 erros no momento de pedir um empréstimo, seja ele para quitar dívida, investir ou realizar um sonho. Você também vai saber de imediato as 4 incríveis dicas que pode te ajudar a fazer empréstimo com os pés no chão, ou seja, com consciência.

 

 

Tópicos:

  • Avalie A Sua Condição Financeira
  • Verifique A Possibilidade De Outras Soluções
  • Veja Se Você Consegue Administrar O Empréstimo
  • Cuidado Para Não Acumular Dívidas
  • 5 Erros Comuns No Momento De Pedir Empréstimo
  • Não Pensar Direito
  • Não Simular Antes
  • Pedir Empréstimo Pessoal
  • Não Fazer O Empréstimo De Acordo Com O Seu Perfil
  • Não Ter Um Controle Financeiro

 

 

Avalie A Sua Condição Financeira

Antes de fazer qualquer tipo de empréstimo ou até mesmo uma nova compra é importante que você avalie a sua condição financeira. Para isso é preciso que você faça um levantamento de todas as suas dívidas, confira o seu extrato bancário e veja qual é o seu perfil de consumidor

 

 

Após isso analise se realmente é necessário fazer o empréstimo, você precisa do dinheiro para quitar dívidas? Fazer uma viagem? Vai montar um negócio próprio? É um caso de urgência e realmente não existe nenhuma outra solução? Bom se a resposta for positiva, veja quanto você consegue pagar de forma que não fique apertado no final do mês.

 

 

Verifique A Possibilidade De Outras Soluções

O empréstimo só deve ser solicitado em último caso, quando realmente não existe nenhuma outra solução, por tanto antes de decidir veja se realmente não existe nenhuma outra saída.

 

 

Avalie se não é o caso de usar a sua reserva financeira, ela pode aliviar o impacto das dívidas ou ser a melhor saída em casos de imprevistos. Outra boa ideia é o reajuste de orçamento como o corte de algum supérfluo ou venda de algum imóvel caso possua.

 

 

Veja Se Você Consegue Administrar O Empréstimo

Se você analisou bem e viu que não existe outra saída que não seja a de solicitar um empréstimo, você precisa analisar como esta a sua estabilidade financeira, você conseguira honrar o empréstimo? Afinal de contas ele deve ser a solução e não mais uma dor de cabeça.

 

 

Pois além dos casos contínuos agora terá também a parcela do empréstimo, por tanto calcule tudo, o valor que você costuma gastar no supermercado, as contas fixas, o transporte, a saúde, o lazer e adicione sempre um acréscimo caso ocorra alguma urgência. Após ser feito tudo isso você verá se é possível pagar o empréstimo sem ficar com mais um peso nas costas então continue.

 

 

Cuidado Para Não Acumular Dívidas

Após realizar o empréstimo procure dar um tempo nas compras, de uma pausa em viagens ou fazer compras muito grandes com o cartão de crédito. Aproveite este momento para se estabilizar e até mesmo fazer uma poupança. Caso esteja sobrando muito no final do mês, você pode optar também por adiantar as parcelas do empréstimo, afinal quem não quer se livrar das dívidas logo né?

 

 

5 Erros Comuns No Momento De Pedir Empréstimo

Bom agora, que você avaliou se realmente é preciso ou não solicitar o empréstimo, analise com atenção os erros abaixo, que são cometidos com muita frequência. Ter todas estas informações facilita muito a sua organização financeira além de te trazer mais segurança quanto à medida que deve ser tomada.

 

 

1. Não Pensar Direito

O empréstimo pode ser sim algo vantajoso e uma solução viável principalmente para quem quer quitar dívida e assumir uma menor, mas também pode ser algo muito traiçoeiro, então pense uma, duas, três vezes antes de fechar um acordo.

 

 

2. Não Simular Antes

Já foi citada a cima, mas acho importante falar novamente, analise e faça todos os cálculos possíveis, caso o empréstimo seja para o pagamento de uma dívida com o cartão de crédito.

 

 

Por exemplo, simule o valor das taxas e juros, para que você se certifique de que não está trocando o gato por lebre. Simular também é uma ótima opção para você saber quanto de juros está pagando em casa parcela.

 

 

3. Pedir Empréstimo Pessoal

Caso o empréstimo seja para tirar o seu negócio do buraco, não peça um empréstimo pessoal. As finanças jurídicas não devem fazer parte das pessoais por tanto devem ser controladas separadamente.

 

 

Assim como os lucros recebidos pela empresa não devem ser confundidos com o pró-labore que você recebe. Por tanto evite o crédito pessoal pré-aprovado para cobrir despesas do seu negócio.

 

 

4. Não Fazer O Empréstimo De Acordo Com O Seu Perfil

Mais uma vez falando caso este seja um empréstimo para o seu negócio, analise quanto exatamente a sua empresa precise, e não apenas chute por alto. Caso sua empresa esteja com muitas dívidas sugerimos neste caso recorrer um consultor para que ele te ajude a avaliar quais são as prioridades e quanto exatamente a sua empresa precisa para se restabelecer.

 

 

5. Não Ter Um Controle Financeiro

Por fim tenha um controle financeiro e anote todos os seus gastos, para que você saiba exatamente para onde estar indo o seu dinheiro. De forma que seja mais fácil visualizar o que pode ser cortado. O que deve ser mantido e onde merece mais atenção que são as dívidas que possuem taxas de juros elevadas.